Após inchar a folha de pagamento com altos salários, prefeito de Macau vai reduzir em 30% salários dos comissionados

O prefeito de Macau, Túlio Lemos, terá que ajustar a maquina pública que esta gastando mais do pode e já recebeu alerta do TCE por estar acima do limite prudencial. O Prefeito já canetou cerca de 1000 contratados, e agora parte para reduzir em 30% os salários dos cargos comissionados, que receberam generoso aumento, através da reforma administrativa proposta pelo executivo e aprovada sem ressalvas pela câmara de Macau. O tão propagado salário de assessor de 4.000,00 (quatro mil reais) com o decreto cairá para 2.800,00 (dois mil e oitocentos reais).

facebooktwittergoogle_pluspinterest
Deixe um comentário